No último dia 27, a edição do Cannes Lions de 2015 teve seu fim. O mais famoso e prestigiado festival de publicidade do mundo premiou várias campanhas e peças em 21 áreas diferentes. O Brasil levou, ao todo, 108 Leões, sendo 55 de bronze, 34 de prata e 18 de ouro. E o filme ‘100’, da F/Nazca, conquistou com o Grand Prix em Film.

Lançamos aqui um desafio interno: os integrantes da equipe escolheram suas campanhas favoritas e disseram porquê. Veja abaixo os preferidos da turma.


Imprima para Ajudar, FCB Brasil para a HP

“Achei o conceito da campanha sensacional. Eles souberam aliar muito bem a publicidade a uma causa nobre e real. O grande número de pessoas desaparecidas no Brasil é realmente muito preocupante. E quando a publicidade se torna um instrumento de conscientização e divulgação de casos reais como esses, quando se ultrapassa o objetivo único de venda, ela se torna muito mais impactante e interessante. Parabéns aos envolvidos!” Suellen Souza – executiva de contas


#LikeAGirl, Leo Burnett Toronto para a Always

“Adoro quando a publicidade mostra às pessoas que elas não são inferiores a ninguém e é exatamente isto que o vídeo busca: empoderar as meninas e mostrar a elas que não são piores que meninos. Muitas vezes, a expressão ‘como uma garota’ é pejorativa, se tornando um insulto. Assim, a campanha faz um convite às meninas para mudarem essa concepção, mostrando que correr/andar/atirar ‘como uma garota’ é correr/andar/atirar da melhor maneira possível. Ainda, o vídeo mostra que elas não precisam ter vergonha de si mesmas por serem garotas.” Clarice Mota – Social Media


Mães Seguranças, Ogilvy Brasil para Sport Club do Recife.

“Como autêntico amante do futebol, essa foi a ação que mais me chamou a atenção em Cannes 2015. Legítima merecedora de um Leão de Ouro na categoria “Promo & Activation”, a ação foi criada pela Ogilvy Brasil, e ativada no clássico Sport e Náutico, sabidamente um dos embates mais violentos do futebol brasileiro dos últimos anos. Ela encanta por sua simplicidade. Para ajudar a conscientizar e diminuir o perigo das brigas nos estádios de futebol, chamaram a única pessoa que um valentão respeita: sua mãe. Incrível foi seu resultado – antes registrando diversos problemas de agressão e violência, este clássico não apontou nenhuma ocorrência. Que além de nos fazer pensar, também sirva de lição.” Bernardo Almeida – diretor executivo


Monty´s Christmas, Adam&EveDDB Londres para John Lewis

“Esse filme foi o que mais me chamou atenção entre os que vi. A primeira cena, com o Pingu na TV, um dos meus desenhos favoritos quando criança, já de cara prendeu minha atenção. A estética, a luz, o CGI muito bem executado ditam um ritmo preciso, que vai construindo a intimidade entre o pinguim e a audiência.Acho que porque todo mundo se vê ou já se viu, vez ou outra, no lugar dele. E isso faz com que o final, que poderia ser previsível, seja surpreendente.” Daniel Glik – diretor criativo


Mico de Ouro

O site Joe La Pompe é especializado em encontrar cópias na publicidade e percebeu, antes de todo mundo, que um dos premiados poderia ser cópia.

O anúncio ,criado pela Grey da Índia para a DHL, ganhou um Leão de Prata na categoria Press. No entanto, o conceito é realmente muito parecido (para não dizer idêntico) ao criado pela Almap, em 2012, para a Gollog. Compare.

unwrap2015

Anúncio criado pela Grey da Índia para a DHL

unwrap2012

Anúncio criado pela agência brasileira Almap para a Gollog, em 2012


Qual foi o seu preferido? Conta pra gente.

Para conferir toda a lista de premiados, clique aqui.

Há 8 anos, a agência que entrega.